Coronavírus e outras formas de lidar com a situação

coronavirus2Mandetta está fazendo um bom trabalho na parte técnica, de esclarecimento, de distribuição de equipamentos e recursos? Sim está. Sem dúvida! E nos cuidados e recomendações de proteção as populações das diferentes regiões do país? Em minha opinião não está.

Nosso país é grande como um continente, com diferentes climas e perfil populacional. Portanto, há diferentes formas de se abordar a proliferação do vírus chinês. Em aproximadamente 5200 municípios do país não há casos confirmados. Então por que nestes locais as pessoas não estão trabalhando normalmente e usando máscaras em locais onde há aglomerações? Já os idosos e doentes, estes deveriam usar máscaras sempre que próximos a outras pessoas. Por que paralisar a economia e junto com isso a saúde das pessoas? Isso também gera miséria, doenças e caos!

Já nas grandes cidades mais acometidas pelo vírus outro tipo de ação poderia ser adotada! Por que não se ofereceu a alternativa de hospedagens de baixo custo para isolar os idosos e doentes que vivem em casas superlotadas? Os demais poderiam assim trabalhar usando máscaras e reduzir o risco de contaminação.

Para cada região do país pode haver diferentes formas de tratar o problema. Parar tudo é muito simples e cômodo, mas é sim uma medida de gestor incompetente. Há vários especialistas que não tem voz na grande mídia que defendem outras abordagens, também científicas, a serem aplicadas de acordo com o problema a ser resolvido. Mas o medo, a pressão absurda da mídia militante e catastrofista e a mentalidade de subordinação a qualquer agência da ONU, impregnada aqui por anos de doutrinação esquerdista nos levaram a obedecer cegamente o que vem de fora e nos impediram de buscar soluções menos radicais e mais apropriadas de lidar com a pandemia.

Os especialistas que aparecem na mídia concordam que pelo menos 70% da população deverá entrar em contato com o vírus, gerar anticorpos e somente depois disso a epidemia terminará. A esmagadora maioria nem saberá que teve contato com o vírus. Então vamos trabalhar, sobreviver e proteger os mais fracos!

Se isolarmos todos agora no período ainda quente quando o vírus é vulnerável ao calor e liberarmos as pessoas mais adiante, sem ter gerado anticorpos, justamente no período frio, o vírus voltará com força.

Há vários outros países que estão adotando formas diferentes e menos radicais de lidar com a pandemia, tais como, Suécia, Japão e  Coreia do Sul. Estes são alguns exemplos e estão indo bem! Enfrentam problemas? Claro que sim! mas os casos de mortes e infecções não é muito diferente daqui e não paralisaram o país. Sabem que sem a economia funcionando o desastre será inevitável. Alguém do Ministério da Saúde se preocupou em verificar o que funcionou lá para aplicar aqui?! Não!!! É mais simples parar tudo e atender as recomendações de confinamento da OMS, organização infiltrada por esquerdistas radicais, a começar pelo próprio diretor geral da organização que foi indicado ao cargo pela China Comunista.

Bolsonaro espera de Mandetta sugestões de tratamento da situação sem paralisação total e que considere as diferentes características do país. Sem radicalização. Apenas isso. O remédio não pode ser tão forte a ponto de matar o doente.

Se não houver uma alteração nos rumos do tratamento da epidemia a ser oferecida pelo governo federal, tanto a prefeitos como a governadores, em pouco tempo Mandetta será substituído.

Raimundo Oliveira
Cientista Social

Sobre Raimundo Oliveira

I'm a Social Scientist interested to study and provide analysis of global relevant issues. For professional contact send an email to rrsoliveira@hotmail.com
Esse post foi publicado em Opinião e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma réplica

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s