Progressismo: mais um nome fantasia para comunismo

Os conspiradores comunistas estão sempre inovando nos métodos de subversão dos valores das sociedades para desunir as pessoas e facilitar a implantação de sua agenda tirânica. No início gostavam de se apresentar como socialistas, defensores dos trabalhadores. Nada mais falso. Apenas promoviam os conflitos de classes e a desagregação social.

progressismo

Mesmo quando alcançavam o poder os trabalhadores continuavam pobres. Basta olhar para exemplos clássicos dos regimes opressivos que existiram nos países da Europa Oriental. Só se libertaram da tirania porque houve a implosão da falida União Soviética e por consequência o colapso dos regimes satélites. Todos os povos que se permitiram manipular por suas mentiras caíram sob regimes tirânicos. Muitos ainda hoje estão escravizados e dificilmente conseguirão se libertar da opressão. A Venezuela é o exemplo mais recente. A Argentina segue a rota planejada.

Mas voltando ao “progressismo”, mais um nome pomposo para iludir os desavisados que acham que aderindo estarão na moda, segue um texto curtinho, simples e direto de Roberto Motta que bem demonstra parte das táticas de desagregação social que vem sendo aplicadas.

Raimundo Oliveira

Texto publicado no Twitter em 25 de julho 2021:

Alguém comenta: “liberais na economia não precisam ser conservadores nos costumes. Liberais na economia devem ser liberais nos costumes, nada mais natural”. Mas o que significa ser “liberal nos costumes” ?

Não se intrometer na vida dos outros? Bom: isso é um dos princípios básicos do CONSERVADORISMO. Muitos acham que ser “liberal nos costumes” é ser “progressista”. Mas o “progressismo” é o MAIOR PROMOTOR DE INTERVENÇÃO nas nossas vidas.

O “progressismo” quer mudar o número dos gêneros, o uso de banheiros, o critério de admissão em universidades e empresas (usando “cotas”), o direito à propriedade e o direito à legítima defesa.

Para os “progressistas” o Estado deve decidir se e quando você deve ficar trancado em casa e se e quando você pode trabalhar ou abrir a sua loja. O “progressismo” CRIMINALIZOU o trabalho e os negócios.

Foi o “progressismo” que, ao mesmo tempo, soltou mais de QUARENTA MIL criminosos presos, em nome da “saúde”. O “progressismo” quer até MANDAR NO SEU CORPO, tornando obrigatória – sob pena de ostracismo – a ingestão de substâncias com efeitos imprevisíveis em seu organismo.

O “progressismo” patrulha toda a forma de expressão, censura o que considera politicamente “incorreto” e promove o CANCELAMENTO de toda a dissidência (ou do próprio dissidente). Os “progressistas” querem escolher o número das camisas dos jogadores de futebol.

O “progressismo” decidiu mudar até A NOSSA LINGUAGEM. Se você também acha que essas coisas que citei acima nada têm a ver com liberdade, deixa eu te dizer isso:
A única corrente de pensamento que, hoje, realmente defende a liberdade nos planos econômico e “de costumes” – e que se opõe à utilização desenfreada do poder estatal para oprimir o indivíduo – chama-se CONSERVADORISMO.

Isso – claro – é algo que os “progressistas” da geração Paulo Freire, com sua idolatria a YouTubers imberbes e radicais violentos, vai fazer de tudo para esconder de você. Mas a gente explica.

Roberto Motta – 10:37 AM · 25 de jul de 2021·Twitter for iPhone

Sobre Raimundo Oliveira

I'm a Social Scientist interested to study and provide analysis of global relevant issues. For professional contact send an email to rrsoliveira@hotmail.com
Esse post foi publicado em educação e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma réplica

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s